GURI IN LONDON

Guri in Cardiff #GurinoReino

Já fiz um vídeo contando 40 fatos sobre o País de Gales, mas neste vídeo quero te contar mais como foi minha viagem ao país. Esta primeira parte é específica sobre os dias em Cardiff.

Ficamos no Austin Guesthouse, pertinho do Millenium Stadium e do Castelo de Cardiff. É um lugar massa, bem funcional, até com uma mini-cozinha que foi bem útil pra gente. Fomos caminhando até a área da baía, mais ao sul, e dá cerca de meia hora. Então se fores ficar em algum lugar no centro, é bem de boa. Táxi dá cerca de £ 10.

No primeiro dia fomos direto a Caerphilly, uma cidadezinha perto de Cardiff (cerca de 20 minutos de trem) pra visitar o castelo de lá. As origens dele datam de 1268. Não só isso que impressiona mas o fato de fazer uma fortificação cercada de água pra aumentar ainda mais a proteção. Construções medievais sempre tem estas ideias massa né!?

Falando de Cardiff, fomos no Cardiff International White Water pra fazer rafting a convite deles. Eu não sei nadar muito bem (quase nada na real) e tava meio que aflito com o negócio. Mas depois de ver uns vídeos eu fiquei mais calmo com a parada, até porque eles dão um coletinho pra tu vestir e uma roupinha de perereca também. Foi uma experiência MUITO MASSA que não achei que fosse gostar tanto quanto gostei – e não achei que fosse dizer isso mas quero fazer de novo. Além de rafting, eles também tem outras atividades como kaiak, paddle, entre várias outras coisitas. Mas acho que o que eu recomendo mesmo é o rafting. Pode ir até seis pessoas por vez, então dá pra se divertir legal com a galerinha durante a viagem!

À noite fomos no musical da Família Addams. É uma comédia-musical com uma história massa, coreografias muuuito massa e personagens engraçados e bem elaborados. Infelizmente já não está mais em cartaz em Cardiff, mas vi que eles estão fazendo uma turnê pelo mundo todo. Mais informações aqui. O musical foi no Cardiff Millenium Centre, que é um centro de artes com um prédio que por si só já vale a pena visitar. Na área também tem muita coisa massa pra fazer, e lugares bacaninhas pra comer. Só explorar sem medo.

Na área fica também o Dr. Who Experience, que eu acabei não indo (por ter visto apenas alguns episódios da série) mas pelo que vi as avaliações são muito boas. Então se tu curte, não deixa de incluir no teu roteiro.

Também curti muito o Techniquest, que é tipo uma feira de ciências gigantona, com um monte de itens pra interagir. Muita coisa científica, matemática e de engenharia. É muito massa, especialmente pra crianças, mas né… Como sou um crianção, consegui curtir legal também. São mais de 120 itens, fora o planetários e mais alguns shows e apresentações da galera. O atendimento e cuidado dos funcionários é de tirar o chapéu.

O Castelo de Cardiff é uma das principais atrações da cidade e com razão. Ele tem mais associações com donos privados, que tinham grandes posses e podiam ter o castelo do que com qualquer outra coisa. Mesmo assim tem partes remanescentes da época dos romanos ainda! O que mais chama atenção é a Torre do Relógio (Clock Tower) que tem uma decoração linda! Por fora já chama atenção mais por dentro é ainda mais linda. Eu recomendo muito pegar um tour pelo castelo porque o guia explica muita coisa da decoração, além de ter acesso a áreas específicas que só podem ser visitadas junto com ele.

Em 1947 o Castelo foi doado pelo seu então dono (o 5º Marquês do Bute) à população de Cardiff. Então se tu mora ou trabalha em Cardiff pode pedir uma chave do castelo que te dá direito a entradas ilimitadas nele por três anos! Clique aqui pra saber mais.

Eu gostei bastante de ter visitado a cidade, mas acho que duas noites foi um tempo bacana e bem suficiente. Não fizemos nada corrido e deu pra curtir bastante cada atração e ainda sentir o ritmo da cidade passeando pelo Bute Park, do ladinho do castelo e não muito longe de onde estava hospedado. No meio de corre-corre de viagem eu recomendo muito dar um pause e tirar uma horinha pra dar uma caminhada ou sentar no gramado do parque, quem sabe até fazer um pic-nic?

Dali também saem os barquinhos que ligam esta área à Cardiff Bay (onde fica o Millenium Centre, Techinquest e restaurantes que comentei antes). São cerca de £ 4 por pessoa e os horários são meio limitados, espaçados e terminam de operar relativamente cedo. Mas tudo bem porque um táxi custa mais ou menos £ 10. Mesmo assim recomendo ir de barco nem que seja uma vez, pra ter uma visão diferente da cidade.

Caminhar também é uma opção bem agradável, por ser fácil de se localizar na cidade e as ruas serem bem seguras.

Foi uma ótima experiência, mas acredite; o melhor ainda está por vir. Depois seguimos a viagem a Swansea pra visitar algumas praias, cavernas e outras áreas na região do parque nacional de Brecon Beacons. Mas aí tem que aguardar umas semaninhas – prometo não demorar. 🙂

Veja mais:
40 fatos sobre o País de Gales

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *