rainha mãe elizabeth bebendo uma taça de vinho com uma roupa azul e levantando a taça como quem está brindando.
Guri da Realeza

25 fatos sobre a Rainha Elizabeth, a Rainha Mãe

Este dia 4 de agosto seria aniversário da Rainha Mãe e é da Meghan Markle. Fiz uma pesquisa no meu Instagram pra saber sobre qual das duas aniversariantes eu deveria falar no canal. A maioria escolheu a Rainha Mãe, então aqui estão 25 fatos sobre ela. (Meghan vai ter que esperar mais um pouco…)

Se quiser que eu te conte mais não só sobre a Rainha Mãe mas outros membros da família real atual, e ainda monarcas do passado, vem participar do meu passeio da realeza britânica em Londres. O tour é 100% em português, cheio de história, e ainda assiste um pedacinho da troca da guarda e da troca da guarda montada. Saiba detalhes, preços e datas aqui.

rainha mãe usando uma roupa amarela e chapéu amarelo cumprimentando charles, irmão da princesa diana, 9º earl spencer, ao lado da rainha elizabeth II usando uma roupa azul e por volta de 60 anos
Rainha Elizabeth II e Queen Mother com o Visconde Althorp, mais tarde o 9º Earl Spencer. Ele é irmão da Princesa Diana. Foto: Tim Graham/Getty Images

25 fatos sobre a Rainha Mãe

  1. O nome completo dela é Elizabeth Angela Marguerite Bowes-Lyon (não achou que o nome fosse Rainha Mãe né?)
  2. Ela nasceu em 04/08/1900 e faleceu em 30/03/2002, aos 101 anos.
  3. Os pais dela são Cecilia Cavendish-Bentinck & Claude Bowes-Lyon (o 14º Earl of Strathmore and Kinghorne – título este que socialmente falando, permitia que Elizabeth entrasse pra família real)
  4. Ela viu seis monarcas no trono durante a vida (Victoria, Edward VII, George V, Edward VIII, seu marido George VI e sua filha Elizabeth II).
  5. Em 1921 o então chamado de Duke de York pediu ela em casamento. Ela negou alegando que “não poderia mais agir, pensar ou falar por si mesma”. Em março de 1922 ele pediu de novo; e em janeiro de 1923 de novo, quando ela finalmente aceitou, na terceira vez.
  6. Quando os dois casaram em 26/04/23 ela não imaginava que um dia seria rainha, afinal seu marido era o segundo filho de George V, não o mais velho, herdeiro do trono.
  7. No casamento, ao sair da Abadia de Westminster ela colocou o buquê de flores no túmulo do soldado desconhecido em homenagem ao irmão Fergus que morrera na Primeira Guerra Mundial. Isso acabou virando uma tradição e até hoje o buquê das noivas da família real são colocadas sob o túmulo, mesmo que o casamento não tenha sido na Abadia.
  8. Em Outubro de 1925 ela começou a ajudar o marido com sua gagueira, juntamente com Lionel Logue. Esta história foi retratada no filme O Discurso do Rei.
  9. Em 1926 tiveram a primeira filha, apelidada de Lilibeth (aham, a atual Rainha Elizabeth II). Quatro anos depois tiveram a segunda filha, a mais tarde polêmica Princesa Margareth (quem sabe um fatos sobre ela?)
  10. Uma tradição que existia era que o nascimento de bebês reais deveriam ser supervisionados pelo Home Secretary (algo como um Secretário de Assuntos Internos). O parto da Rainha Mãe à princesa Elizabeth foi o último que isso aconteceu. Isso era feito pra se ter certeza que o bebê não seria trocado no nascimento.
  11. Em 1936 o marido vira o Rei George VI graças à abdicação do cunhado, Edward VIII. Este era doido de amor por uma mulher que nem era a fim dele e até com uma leve simpatia por nazistas. Elizabeth Bowes-Lyon vira então Rainha. Na época chamada de Rainha Elizabeth. Não era Elizabeth Primeira nem Segunda nem Um e Meio. Ela tinha o título de rainha por ser casada com o rei. Rainha consorte.
  12. A Rainha Mãe não gostava da co-cunhada (a Wallis Simpson, esposa do cunhado cagão, o Edward VIII – agora Duke de Windsor – que confuso!) e se referia a ela como “aquela mulher”.
  13. Já o cunhado (agora Duke de Windsor, lembra né?) se referia a ela como “cookie” por ela se parecer com uma cozinheira (em inglês cook) apesar de ter rumores de que ela poderia ser filha bastarda de uma cozinheira francesa. Lady Colin Campbell publicou em seu livro The Queen Mother, The untold story of Elizabeth Bowes Lyon, Who became Queen Elizabeth the Queen Mother esta teoria, de por isso que este seria o apelido da Rainha Mãe.
  14. A Rainha Mãe foi a primeira rainha britânica a visitar os Estados Unidos, em 1939, junto de seu marido o rei George VI (primeiro monarca a colocar os pés em solo americano).
  15. Durante a segunda guerra se recusou a evacuar as princesas para o Canadá. Ela disse algo como “As crianças não vão sem mim. Eu não vou abandonar o rei. O rei não vai sair.”
  16. Durante a chamada “Phoney War” (ou Guerra de Mentira), os primeiros oito meses da Segunda Guerra Mundial onde não aconteceu muita coisa, ela até recebeu treinamento com arma de fogo pra caso houvesse uma invasão. #facanabota
  17. É dito que Hitler falava que a Rainha Mãe era a “mulher mais perigosa da Europa”. Isso porque ela era muito popular e ele, por sua vez, via esta popularidade dela como “uma ameaça aos interesses da Alemanha”.
  18. Quando George VI morreu que a filha deles virou rainha e foi então coroada Elizabeth II. Como o nome delas é o mesmo (aiai… Tanto nome!) aí sim a Rainha Elizabeth (a viúva!) começou a ser chamada de “Sua Majestade a Rainha Elizabeth, a Rainha Mãe” pra evitar confusão com o nome da filha.
  19. Ela foi a última Imperatriz da Índia, afinal esta conquistou sua independência em 1947.
  20. A Rainha Mãe teve dois câncer, o que só se descobriu depois da morte dela. Um de colo do útero em 1966 e um no seio em 1984.
  21. Ela bebia todos os dias: um Dubonnet com gin de aperitivo; vinho no almoço; vinho do porto depois do almoço; martini as 18h; e duas taças de champagne na janta. Já vi notícias que a rainha atual que bebe isso mas a confusão é explicada no fato 18. A informação é do The Guardian.
  22. A Rainha Mãe foi o primeiro membro da família real a chegar aos 100 anos de idade. Ainda assim, até hoje é apenas ela e a Princesa Alice, Duquesa de Gloucester, que faleceu em 2004, aos 102 anos de idade. Quem sabe a rainha é a próxima né? Falta só mais alguns pra chegar em 2026.
  23. Todo aniversário desde o 70º em 1970 a Rainha Mãe ia no portão da Clarence House receber homenagem das pessoas. A rua hoje é fechada e quem mora na casa é o Príncipe Charles e sua esposa, Duquesa de Cornwall, Camilla Parker Bowles.
  24. A Rainha Mãe morreu dia 30/03/2002 durante o sono. Nesta época ela morava no Royal Lodge, uma residência real ainda em uso em Windsor (cerca de 4km do Castelo de Windsor). Ao lado dela estava a filha, a rainha Elizabeth II.
  25. No velório, mais de um milhão de pessoas ocuparam as ruas nos 37km que ligam a Abadia de Westminster ao castelo de Windsor. Ela está enterrada na Capela de São Jorge, onde Harry e Meghan casaram. Junto dela está o rei George VI e a filha mais nova, a Princesa Margareth. É possível ver estes túmulos ao visitar o Castelo de Windsor.
rainha mãe, mãe da rainha elizabeth II, olhando para cima
Pintura por Richard Stone em 1986

Interessante a vida da Rainha Mãe né? Longa, cheio de twists e que com certeza deixou sua marca na história.

A gente fala um pouco mais sobre a Rainha Mãe no tour sobre a realeza britânica que eu guio em Londres. Saiba detalhes, datas e preços clicando aqui.

Veja os outros posts sobre a família real aqui. Tem algum outro fato que saiba sobre ela? Me conta nos comentários!

Planeje sua viagem com os parceiros que eu confio e uso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *