Novembro é cheio de movimentos e eventos por Londres, como comentei num outro post. Tem o Movember, pra deixar o bigode crescer (já tá participando/fazendo o bem?); tem a Bonfire Night, quando todo mundo solta fogos de artifício; tem o Lord Mayor’s Show, a cerimônia do novo Lord Mayor, e tem o que acredito set o mais importante de todos, em especial pros britânicos: as papoulas.

Muitos sites já falaram sobre as papoulas, que a partir de agora vou chamar de poppy, como são chamadas aqui. E muita gente faz confusão com ela. Alguns clientes me perguntaram afinal o que são as flores vermelhas que muita gente usa na roupa no mês de novembro aqui em Londres. A resposta é que tem a ver com a guerra sim, mas não necessariamente com o centenário da Primeira Guerra, como muita gente pensa.

Usar a poppy é uma forma de mostrar que apoia a campanha da British Legion chamada de Poppy Appeal. Esta instituição arrecada dinheiro todo mês de novembro e destina ele às famílias e aos membros das Forças Armadas Britânicas. A meta de 2014 é levantar £ 40 milhões em fundos. O valor é revertido em ajuda financeira, emocional ou física, no caso de alguma deficiência desenvolvida durante a guerra, ou então pra família de algum veterano de guerra.

Além disso, usar a poppy também é uma forma de demonstrar respeito a cada uma das pessoas que foram batalhar nos campos de guerra e defender o país. Afinal, se não fossem eles talvez nossa Londres e nosso Reino não fossem tão bonitos assim. =]

A cerimônia do Remembrance Sunday ocorreu no último domingo, dia 9, quando a Rainha foi lá colocar sua coroa de papoulas aos pés do Cenotáfio (em Whitehall, a rua que vai de Trafalgar Square ao Big Ben). Depois disso todo o resto da galera tá liberada pra colocar suas coroas também. Às 11h da manhã são respeitados dois minutos de silêncio, representando os onze minutos no décimo primeiro dia do décimo primeiro mês de 1918, quando as armas silenciaram e a Primeira Guerra Mundial chegou ao fim. Outras celebrações também são feitas ao redor do mundo, em países da Commonwealth, como Canadá, Austrália e Escócia.

POR QUE A POPPY?
A poppy, ou papoula, era a única flor que crescia nos campos de guerra, mesmo em meio a tantas e tantas bombas.
E O QUE TAVA ROLANDO NA TORRE DE LONDRES?

Aí são outros quinhentos… As papoulas de lá eram na verdade uma obra de arte chamada Bloodswept Lands and Seas of Red que tem como ideia homenagear cada um dos 888.246 soldados britânicos e colônias mortos na Primeira Guerra Mundial. Foram plantadas uma flor (de porcelana, BTW) pra cada soldado. Ou seja, 888.246 flores.

Elas começaram a ser plantadas em 5 de agosto, primeiro dia de envolvimento do Reino Unido na guerra. Elas terminaram de ser plantadas dia 11 de novembro (adivinha?) dia em que as armas cessaram nos campos de batalha.

Diga-se de passagem, na Torre de Londres aconteciam o recrutamento e treinamento das tropas antes de serem enviados para a batalha. Queira ou não, é uma forma de arte muito interessante, afinal de contas te faz refletir que foram 888.246 pessoas mortas SÓ DO LADO BRITÂNICO em quatro sangrentos anos de batalhas.

As flores estão sendo retiradas da Torre, apesar de que estava se estudando a ideia de mudar o dia pra que mais pessoas possam ver, ou que depois se coloque em algum museu. As flores de porcelana foram vendidas por £ 25 cada, significando assim uma arrecadação de £ 22.206.150,00, se minha calculadora tá funcionando bem.
Fiz minha doação e prendi uma poppy na minha mochila com orgulho. Mesmo sendo uma coleboração michuruca me faz sentir como tendo feito minha parte além de mostrar o respeito à nação a qual me recebeu. Quer doar? Clique aqui.

Planeje sua viagem com os parceiros que eu confio e uso:

#

Aeee tu é o primeiro! Deixa um comentário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Excelência TripAdvisor
Pesquise seu hotel
Booking.com
Novidades por e-mail
* indicates required
MEUS PARCEIROS