É bom aprender com os erros, ainda mais quando é erro dos outros. Aqui listei alguns dos erros mais comuns que observo que turistas ainda cometem em Londres pra tu não fazer o mesmo.

1. Trazer todo o dinheiro em espécie – Wise

Não. Bem pelo contrário. Traga só um pouco em espécie, ou ainda melhor, deixe pra sacar em um caixa eletrônico aqui na chegada. Eu indico o cartão da Wise por permitir carregar em Libra (além de outras moedas), ter IOF reduzido de 1.1%, ser mais seguro, e ter câmbio melhor. Saiba mais e faça o teu aqui.

2. Achar que precisa falar inglês

Não precisa. Nem na imigração, nem no dia a dia. Claro que se souber, o aproveitamento vai ser diferente, mas ainda assim. Hoje com a facilidade do Google Tradutor, tudo fica fácil de entender (assim que eu li as embalagens de produtos na Polônia e na Finlândia, por exemplo). Na imigração, o oficial vai chamar alguém que fale português se ele julgar necessário.

3. Ficar pouco tempo

Já que tá vindo, pra que ficar 3-4 dias? Pra depois poder ir pra outros lugares? Entendi. Mas depois vai ter que voltar pra cá. E não sou só eu que tô dizendo. Londres que pede que tu volte, de tanta coisa que tem pra ver aqui.

4. Só usar táxi, ou pior, Uber

O metrô e o ônibus são as opções mais rápidas e econômicas pra andar pela cidade, então considere Uber como última opção.

5. “Conhecer a cidade” sozinho

Até pode. Mas se quiser conhecer de verdade, não só sabendo onde ir, mas dando significado ao que está vendo, o ideal mesmo é fazer um passeio guiado. E eu sou guia brasileiro em Londres, então posso te ajudar.

6. Chamar garçom erguendo a mão

Não. Só uma encarada, seguido de no máximo uma mão na altura do peito, é o suficiente. Mais que isso e tem chances de tu ser ignorado.

7. Achar que é 110% seguro

Não é. Nenhum lugar é. É mais tranquilo que muita cidade da Europa, mas ainda assim tem ps espertinhos, então esteja sempre atento.

8. Alugar carro pra andar em Londres

Pra quê? Além de pagar £ 15 por dia de Congestion Charge e £ 6 por hora de estacionamento, vai perder tempo em trânsito e se estressar. Londres é ótima de se conhecer a pé porque muita atração é pertinho uma da outra.

9. Fazer tudo correndo

Não adianta chegar na frente da Abadia de Westminster, tirar uma foto e sair correndo, sem entender o peso histórico dela (pra coroações e casamentos reais, por exemplo). Quem faz listinha de lugar pra visitar, e lá pelas tantas fala “já conheci tudo” é porque não conheceu nada. Foi de um lugar pro outro, mas vivendo e experienciando de verdade o lugar, aí acho difícil, a não ser que seja num ritmo bem mais tranquilo.

Planeja tua viagem com os parceiros que eu mesmo uso:

#

Aeee tu é o primeiro! Deixa um comentário?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter do Guri

* indicates required
Booking.com