Tu já deve ter ouvido falar que a imigração em Londres é chata, que eles são exigentes e isso e aqui. Pois bem, tenho que dizer que muita coisa é verdade sim. Maaaaaaas…

palácio de buckingham com soldado na porta, banner de hospedagem em londres onde ficar bairros preços hotéis baratos em londres

O que ninguém fala é que se tu vieres bem preparado, com os documentos certos e etc, não há o que temer. Uma coisa importante: não é necessário visto para Londres em viagens de turismo de até 6 meses. O visto é na verdade concedido no momento de chegada no aeroporto.

Ao te atender, o oficial de imigração (lembra que ele não te conhece) vai decidir se deixa ou não tu entrar no país (tudo vai dar certo, calma). No caso de brasileiros o “medo” é que a pessoa entre no país e fique morando ilegalmente, então o que tu precisa provar pra ele é que tem vínculo no Brasil e precisa retornar; e que tem condições de se manter no país.

Este é o trabalho dele. As conclusões vão ser em base nas perguntas que ele fizer e no que conseguir provar. Por isso muitas vezes recebo a pergunta “não falo inglês, e aí?”. E aí que tem que dar um jeito de se comunicar com ele, e se não conseguir ele vai chamar um tradutor ou alguém pra ajudar. Não é pré-requisito falar inglês. O pré-requisito é provar que tem condições de se manter e que não quer ficar morando no país. “Ah Rafa! Mas eu não quero ficar morando no país“. Legal. Eu sei disso, tu sabe disso, mas o oficial precisa saber disso. Lembra que tem muita gente que mente pra eles e tenta passar a perna. Então o trabalho dele é ter certeza que tu estás falando a verdade.

Isso que é importante ter em mente ao passar pela imigração. Que não é um teste, não é pra pegar no teu pé ou fazer se sentir inferior. Mas sim pra ter certeza que a pessoa que está sendo admitida no país vai mesmo fazer o que está dizendo que vai fazer.

Dá uma olhada em todas as dicas sobre imigração em Londres:

Os documentos precisam ser originais. Não por burocracia, mas pra ter certeza de que não é um documento falso, fabricado pra aquela situação. Precisam estar em inglês e segundo o site a tradução precisa ser juramentada. Eu sei de muuuuita gente que passou com tradução simples e não teve problema nenhum.

O que precisa mostrar ao oficial de imigração no momento da chegada:

  • Quem tu é?
    – Passaporte válido pro período total da estadia (recomendo no mínimo 6 meses de qualquer forma)
  • O que tu faz?
    – Carta da empresa onde trabalha: especificando o salário, o dia que retorna das férias e o que mais julgar importante pra comprovar o vínculo com o Brasil.
    – Se for dono da empresa pode ser pro-labore ou contrato comprovando.
    – Em caso de autônomo, precisa comprovar que trabalha com o que for. Seja através de declaração do contador, ou de faturas enviadas pra clientes, ou até de extrato bancário comprovando os rendimentos. Traga até o cartão de visitas ou flyers de divulgação que ajude a comprovar isso.
    – Estudante: matrícula da Universidade ou então carta comprovando que está matriculado ou de férias. Currículo escolar mostrando o andamento do curso também pode ser interessante. Se for o caso de os pais pagarem a viagem, precisa dos documentos deles comprovando o que eles fazem
  • O que vai fazer no Reino Unido?
    – Roteiro de viagem: é importante saber o que vai visitar pelo país. Pode ser que o oficial faça perguntas do roteiro de viagem pra testar se realmente está a turismo e sabe o que tá visitando. Por isso comprar ingressos antecipados também já pode ser uma ajuda.
    – Vouchers: é essencial mostrar onde vai ficar hospedado. Pode ser o voucher do hotel ou então carta-convite de amigo declarando que vai ficar na casa dele.
    – Dinheiro: não há no site do governo nada que diga o valor mínimo recomendado por dia. Vai do bom senso e de planejamento mesmo.
    – Passagem de ida e volta: pra comprovar o dia da saída do Reino Unido.
  • Documentos adicionais e informações complementares
    – Passaportes antigos, se houverem
    – Vistos de outros países – como o visto americano, por exemplo
    – Documentos de casa ou carro, se houverem
    – Todos os documentos devem ser originais
    – Todos os documentos devem ter uma tradução em inglês (recomendo uma tradução simples, maaaaas no site pede que seja inserido os dados do tradutor – ou seja, por sua conta e risco, beleza?).

Se tu estiver viajando com a família ou amigos, vocês podem passar juntos, no mesmo guichê da imigração.

Se tu não fala inglês (cabe ao oficial da imigração julgar isso), o oficial vai chamar um tradutor ou até outra pessoa da fila pra intermediar a conversa. Mas tenho várias dicas de como preparar o teu inglês pra imigração neste post. Não chega falando que não sabe inglês sem nem tentar ou muito menos demandando um tradutor.

cabine telefônica vermelha com o big ben ingressos para atraç~øes turísticas de Londres e da inglaterra

Caso tu esteja desempregado, tem que provar primeiro de tudo de onde saiu o dinheiro da viagem. Se foi de um fundo de garantia, prove isso. Se foi alguém bancando a viagem, prove isso (com carta da pessoa declarando isso). Depois, prove o máximo que conseguir que precisa voltar pro Brasil. O emprego é um grande vínculo, mas não tem nada de mais de tirar uns meses sabáticos e passar um tempo estudando em Londres, por exemplo. Só precisa provar que não tem intenção de ficar ilegalmente no Reino Unido.

Viu só, se preparando bem não há com o que se preocupar. Dê sempre respostas diretas e objetivas. Vem tranquilo e confiante que tudo vai dar certo e lembrando que não tem nada a esconder.

Tem alguma dica adicional ou um relato da imigração de Londres? Usa o espaço dos comentários pra me contar tudo e ajudar outras pessoas, combinado? 🙂

(Imagem site: contando as horas)

Planeja tua viagem com os parceiros que eu mesmo uso:

#

149 comentários! Deixa mais um?

  1. Oi Rafa, tudo bem?
    Estou com viagem marcada para fevereiro/23. Vou levar minha mãe, estou bancando a viagem como um presente de aniversário para ela. Eu já estive em Londres estudando em 2017. Mas minha mãe não fala inglês e será a primeira viagem dela. Tem alguma dica para evitarmos problemas? Por ela ser idosa e não trabalhar, tenho medo de ser um empecilho, mesmo eu comprovando minha renda e meu trabalho já que estou bancando.
    Obrigada!

    • Oi Bianca,
      Eu indico trazer o máximo possível de documentos. Tudo o que tiver que comprove vínculo com o Brasil.
      Se não tiver muita coisa, tudo é explicável na hora. Tendo passagem de retorno, hospedagem e roteiro, ajuda a mostrar que é uma viagem a turismo.
      Não te preocupa muito não, só te prepara como conseguir. 🙂
      Valeu!

  2. Olá Rafa!

    Vou para Londres final do ano com o meu irmão e vou ficar de dezembro a fevereiro, trabalho em uma empresa americana remotamente e durante a viagem não estarei de férias, minha intenção é continuar trabalhando de lá em um coworking, treinar o inglês no dia a dia e fazer turismo também.

    Dúvida, é permitido trabalhar remotamente para uma empresa de outro país com um visto de turista?

    Abraços!

    • Oi Ranieri,
      Infelizmente não vou saber te dar esta informação. Eu diria que não tem problema, mas não seri afirmar com certeza.

  3. Olá, Rafa! Tudo bem?

    Em Julho irei passar 7 dias na Inglaterra visitando um primo que mora em Cambridge. Ele já me enviou a carta convite se responsabilizando pela minha estadia.

    Entretanto, antes de ir para Cambridge quero passar 3 dias em Londres para conhecer a cidade.

    Você acha que terei algum problema na imigração ao mostrar a reserva do hotel em Londres para os 3 primeiros dias + a carta convite (de 7 dias no total) comprovando a hospedagem na casa dele nos outros 4 dias em Cambridge?

    Aproveitando o comentário, você acha que apenas 300 pounds em notas, além dos cartões de créditos são suficientes para a imigração? Digo isso, pois não gostaria de utilizar mais dinheiro em espécie.

    Muito obrigado!

    • Oi Gustavo,
      Sempre fale a verdade na imigração. Se esta é a situação, esta é a situação, não há o que temer. =)
      Sobre a grana, se eles complicarem pode mostrar teu limite de cartão de crédito ou extrato do Wise (ou o que estiver usando em cartão).

      • Olá, Rafa!

        Irei dia 15/06/22 com minha esposa. Na imigração, se questionarem quanto de dinheiro estamos levando, temos que informar a soma do meu valor com o da minha esposa ou cada um diz o valor?

        • Oi Remilton.
          Vocês passam juntos, então quando (e se) forem perguntados, vê o que faz sentido na hora. Pode ser que o oficial pergunte dos dois, pode ser que pergunte de cada um.

          • Oiê Rafa pretendo aliás planejando, ir com meu namorado pra fazer o pedido do noivado em Londres. E claro conhece tbm a cidade.

            Algo pra acrescentar dicas…
            Porq as pessoas colocam tanto medo da imigração, que acabo mesmo ficando como qualquer outra pessoa.

          • Oi Kauany,
            Desculpa, acho que não entendi tua pergunta.
            Muita gente tem medo e também comento que não precisa ter. É só vir com tudo preparado que não tem o que temer. 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Newsletter do Guri

* indicates required
Booking.com