Guri

Guri e a série Harry Potter

Lembro como se fosse hoje: era por volta de 2002 e minha mãe trabalhava (e ainda trabalha) como empregada doméstica e eu ela foi fazer a faxina na casa de uma conhecida nossa no pequeno Lajeado Grande (saudades!). Era costume eu ir junto, mas não que fosse ajudar, pra deixar claro.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=LX7S7XnneDY]

A Jane é uma pessoa especial que sempre quis o bem de toda a família e sempre tivemos um carinho especial uns pelos outros. Ela me disse que um livro novo havia sido lançando e estava fazendo o maior sucesso. Era a história de um bruxo e eu deveria tentar ler. Ela me emprestou o livro e já comecei a ler. E não parei mais.
Lembro de ter visto Harry Potter e a Câmara Secreta uns dias depois na casa dela o que me instigou ainda mais a terminar logo. Não lembro ao certo como Harry chegou à minha escola, mas o que lembro era que pouco tempo depois os livros da série (até então tinham só quatro livros publicados) eram os mais disputados da biblioteca.
Também não lembro se antes ou depois, mas os filmes começaram a ser lançados e eu assisti e re-assisti várias vezes. O terceiro filme fui ver no cinema e aí tenho que confessar que não tinha tanto assim o hábito da leitura e quando cheguei no quarto livro (Harry Potter e o Cálice de Fogo) eu me perdia muito na história porque ficava tempos sem ler e pouco tempo depois comecei a fazer faculdade, o que me exigia a leitura de outros livros.
Mas não que tenha desistido. Sempre queria voltar a ler. Mas perdi tanto a história que nem cheguei a assistir o quinto, sexto e sétimo filmes. E foi quando trabalhava na FOX Viagens e Turismo (não a do cinema) que a agência foi convidada pra um evento: assistir Harry Potter e as Relíquias da Morte – parte 2 em 3D. Fui correndo pra uma locadora (literalmente) pra alugar os três filmes que não havia assistido e me atualizar. Não gosto de cortar a história pelo meio.
Filme terminado, emoção à flor da pele, lembro que a primeira coisa que fiz ao chegar em casa foi comprar a série com os sete livros. Já comecei a ler assim que chegaram. E do primeiro livro. Pouco tempo depois, quando havia terminado o quinto livro (olha, já tinha ido mais longe do que da primeira tentativa) chegou a hora de me mudar pra Londres. Dei os livros que já havia lido pra Flávia, minha sobrinha/afilhada (que ainda nem começou a ler) e vim pra Londres.
Chegando aqui o meu ex-professor de inglês comprou um ingresso extra pro Warner Bros Studio Tour e me deu o ingresso. Fui fazer a visita pelos estúdios e contei tudo aqui. A visita me inspirou a voltar a ler Harry Potter e lá na loja mesmo comprei o primeiro livro, mas desta vez em inglês: Harry Potter and the Philosopher’s Stone. Comecei a ler já na volta pra casa e depois disso conheci uma das melhores invenções da vida: o Kindle.
Já falei do Kindle neste post e neste vídeo, mas ele foi o que me ajudou demais a ler! Pra teres uma ideia eu li 10 livros em 2014 graças a ele (sendo quatro da série Harry Potter). Por já ter lido a mesma história em português (e boa parte da história duas vezes) isto também melhorou bastante meu inglês.
Terminei em 2015 o sexto livro e agora estou no sétimo e último. Devorando ele!
E outra coisa que aconteceu agora e me inspirou a terminar de ler os livros foi o lançamento de um novo tour muito especial pra mim: Harry Potter tour em Londres e em português!

Planeje sua viagem com os parceiros que eu confio e uso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *