20 dicas de como economizar em Londres

por Rafa Maciel, um Guri em Londres

20 dicas de como economizar em Londres

25/10/2015 Turismo em Londres 7
O post de hoje visa dar uma beeeela ajuda pra quem quer realizar o sonho de conhecer Londres mesmo em tempos de Libra a R$ 5. Como economizar em Londres!

Depois de fazer esta paródia sobre a alta da Libra decidi fazer uma lista com 20 dicas de como economizar em Londres. Te explico bem direitinho neste vídeo, e logo depois dele tem alguns links e informações adicionais:
1. Aproveitar os museus gratuitos de Londres

E tem vários: National Gallery, National History Museum, British Museum, National Portrait Gallery, Tate Modern, Tate Britain, Imperial War Museum, Museum of London, Victoria & Albert Museum, Science Museum, e por aí vai…

2. Comprar ingressos combo
Alguns lugares oferecem esta facilidade. O exemplo principal é Madame Tussauds & London Eye, mas pode combinar entre: London Eye, Madame Tussauds, Sea Life, Shrek Adventure e London Dungeon. Não precisa visitar elas no mesmo dia, mas tem que ir na atração a qual tu comprou o ingresso primeiro (se comprou no site da London Eye, tem que ir lá primeiro). Clique aqui pra comprar.
Outras atrações que oferecem este desconto também é o The Monument e a Tower Bridge. O ingresso do Monument é £ 5 e da Tower Bridge é £ 9.80, totalizando £ 14.80. Comprando o combo ele sai por £ 12. Compre aqui.
3. Planejar como usar o Oyster

A dica rápida é o seguinte, considerando zonas 1 e 2:
– Se vai ficar de 1 a 4 dias: coloca crédito equivalente a £ 6.80 por dia no Oyster (lembra das zonas!)
– Se vai ficar de 5 a 7 dias: coloca um travelcard de 7 dias pras zonas desejadas.
– Se vai ficar mais de 8 dias: coloca o travelcard pras zonas desejadas (que vai cobrir sete dias) e mais o crédito de £ 6.80 por dia extra.
Mais informações aqui.

4. Ir de metrô do aeroporto ao centro
Na minha opinião é a opção melhor e mais barata pra ir do aeroporto ao centro de Londres. É uma forma de economizar dinheiro e, dependendo do trânsito, tempo. O trecho do aeroporto (que está na zona 6) até o centro (zona 1) custa £ 5.10 usando o Oyster. Mas não te preocupa porque o teto do Oyster (ativando a zona 6 no dia) vai ser de £ 11.70 então teu gasto não vai passar disso dentro daquele dia. Se tu carregar ele com travelcard, ele desconta ainda menos. Se tu não chegar pelo Heathrow não tem problema, porque sempre tem uma opção de ônibus ou trem. Em últimos casos agenda um transfer, mas por nada neste mundo pegue um black cab do aeroporto ao centro.
5. Black cab da estação ao hotel
Se não quiser fazer baldeação pra ficar numa estação próxima ao teu hotel basta descer na estação mais próxima possível ainda da Piccadilly Line (que é a linha do Heathrow) e daí sim pegar um táxi. Se estiver nas zonas 1 e 2 com certeza vai te custar menos de £ 15. Tenho uma empresa parceira minha que faz transfers a partir de £ 50 do centro pro aeroporto. Então se tiver interesse manda um e-mail pro transfers.londres@gmail.com com os detalhes de hotel e aeroporto que a gente vê um orçamento pra ti.
taxi black cab red post box londres uk tradicional icones de londres neve rua em kensington
6. Usa o Uber (e o código rafam44ue pra ganhar £ 10 de desconto no primeiro uso)
Se quiser economizar ainda mais nesta chamada de táxi, chama um Uber. Mesmo assim, baixa ele e deixa configurado no teu celular. Lembra, claro, que precisa de internet pra usar. Os preços chegam quase metade de um black cab e ele está funcionando a todo vapor em Londres. Se for usar pela primeira vez utiliza meu código de desconto quando for se cadastrar/efetuar o pagamento: rafam44ue
7. Comprar ingressos com antecedência
No caso do Estúdio de Harry Potter (Warner Bros Studio Tour), por exemplo, se tu deixar pra comprar de última hora com certeza não vai conseguir. Daí vai te restar opções mais caras com ingresso + transfers do centro de Londres (esta por exemplo) por £ 77. Se tu comprar direto da atração vai te custar:
Ingresso: £ 41
Trecho Euston/Watford Junction (usando o Oyster): £ 5.30 x 2 trechos = £ 10.60
Transfer estação/estúdio/estação: £ 2
TOTAL: £ 53.60 (economia de £ 23.40 por pessoa)
Saiba mais sobre o meu tour de Harry Potter no centro de Londres aqui.

NEW_LONDON_BR

8. Fotografar o meridiano de Greenwich
É fácil economizar ao fotografar o meridiano de Greenwich, em Londres: não precisa entrar no museu pra ir até o monumento que tem a linha. É só dar uma olhadinha no muro logo atrás da atração que tu vai notar que na parede e no chão tem a linha desenhada. E o melhor: 100% grátis nesta área.
9. Visitar parques e vizinhanças
Não é cobrado pra visitar bairros. Ainda. Então minha sugestão é explorar:
– Primrose Hill
– Greenwich
– Notting Hill
(Sim, nesta ordem)
casas coloridas de notting hill rua linda em londres kensington chique
10. Visita às Igrejas durante a missa
Na verdade é mais pra participar da missa mesmo. Pra esta atividade eles não cobram ingresso então tu economiza mais de £ 15 por Igreja. A missa é todos os dias às 17h, com exceção do domingo que é às 15h, tanto na Catedral de St. Paul quanto na Abadia de Westminster.
11. Pubs da rede J. D. Wetherspoon
Esta é uma ótima forma de economizar em Londres, e ainda por cima nos pubs! Os pubs da rede Wetherspoon são baratos e tem umas ofertinhas ainda mais baratas. Prato + bebida por cerca de £ 9 é fácil de achar. E isso não é barato. É dado! 🙂 Pra saber qual o mais próximo de ti é só olhar aqui.
12. Comprar souvenirs em Camden Town
Sim, o lugar perfeito pra souvenirs. E faz assim: chega numa loja, escolhe tudo o que tu quer de souvenir e daí sim começa a barganha. De qualquer forma, Camden Town é sempre um lugar ótimo pra barganhar. Já levei uma capa de celular que custava £ 15 por só £ 8. Veja a localização do mercado aqui.
13. Comer em mercados de rua
O Borough Market é muito famoso, mas opções não faltam. O próprio famosinho de Camden Town é uma ótima opção. É possível dar a volta ao mundo em alguns passos. Ele dispõe de várias praças de alimentação com comidas do mundo inteiro e precinhos ótimos como £ 4 ou £ 5 por um pote recheadaço de noodles. Tem ainda um pertinho de Southbank (aqui) e aos sábados o de Notting Hill.
14. Valerie Patisserie
Esta patisserie oferece um afternoon tea que não é completo mas dá pra pelo menos experimentar os deliciosos scones. O atendimento deles não é lá essas coisas (na minha opinião é péssimo), mas o preço é bom… A oferta é pra duas pessoas e inclui: três scones; geleias; clotted cream (tipo nata); manteiga; duas bebidas quentes (uma por pessoa, podendo ser chás ou cafés) por cerca de £ 9 (pras duas pessoas, lembrando). Em alguns locais é £ 9 e em outros £ 7.50. De qualquer forma é barato e uma ótima forma de economizar em Londres! Pra encontrar uma Valerie é só caminhar pelo Soho ou Covent Garden que quando tu menos esperar uma vai aparece na tua frente. Eles tem várias franquias por estas regiões. Veja todas aqui.
15. Hospedagem na zona 3
Eu recomendo esta opção apenas se achar alguma coisa bem barata na zona 3, e se for ficar no mínimo 5 dias, pra valer a pena mesmo! O Oyster Card é mais caro, mas a diferença é pouca. Isso tanto no travelcard de uma semana quanto no teto (cap) diário. Este teto é o máximo que o Oyster cobra dentro do mesmo dia.
Travelcard zonas 1 e 2: £ 34.10
Travelcard zonas 1 e 3: £ 40
Teto/cobrança máxima zonas 1 e 2: £ 6.80/dia
Teto zonas 1 e 3: £ 8/dia
Então simulando que tu fique uma semana, tu vai desembolsar £ 5.90 a mais pra uma semana toda. Mas tenho certeza que tu vai economizar bem mais que isso ficando na zona 3. Não te preocupa porque ficando perto de uma estação de metrô em dois toques tu está na área central. 🙂 Considere cerca de meia hora dentro do metrô até chegar no centro.
hotéis predios tradicionais colunas brancas londres kensington
16. Conheça a cidade de ônibus
Independente de qual a modalidade do teu Oyster, ele inclui ônibus (e em qualquer zona da cidade, não só nas adquiridas). É uma ótima ideia pegar um ônibus pra 1) conhecer melhor a cidade, vendo ela mais de cima e 2) tendo a experiência de andar em um dos famosos ônibus vermelhos de dois andares. Clique aqui pra ver algumas linhas que são bem úteis pro turista.
Outra que o preço dele é bem mais baixo que o metrô: £ 1.50 do ônibus, contra £ 2.40 do metrô.
17. Compre água e snacks no mercado
Esta é uma dica quente pra economizar bastante em Londres: evite comprar água ou snacks dos carrinhos que estão na rua ou nos museus. Os preços são bem fora do comum. Ao invés disso procure um Tesco, Sainsbury’s ou até a farmácia Boots pra se abastecer de guloseimas pro dia que te espera. Quanto à água, não é nada feio pedir pra algum lugar encher a tua garrafinha com água da torneira (tap water).
18. Ingressos de musicais de última hora na TKTS
Resolveu de última hora que quer sim ir num musical no West End londrino? Antes de se desesperar atrás de ingresso barato pra musicais em Londres vai na TKTS (que fica ao sul de Leicester Square) ou então acessa o site deles pra ver o que tá rolando clicando aqui. Eles vendem ingressos pro dia, pro dia seguinte, e pra dali dois dias.
19. Conheça Londres de graça!
É possível conhecer muita coisa em Londres de graça! Esta lista feita pelo Londres para Principiantes tem 100 coisas que tu pode fazer sem gastar um penny.
notting hill portibello road market mercado publico d rua antiguidades pulga casas coloridas lindo londres com neve
20. Passeios comigo
Não, os passeios não são de graça, mas garanto que vou te ajudar a economizar. No passeio de pubs, por exemplo, a gente para em quatro diferentes pubs e os dois últimos são muito baratos! Então tu tem um acompanhamento de guia, passa por lugares que não passaria sozinho e ainda leva de brinde muita dica bacana.

O último pub, inclusive, é da rede Wetherspoon que citei acima. Pra ter ideia, a gente chega a tempo de jantar um bife com batata frita e uma pint de cerveja ou refrigerante por menos de £ 15.

Clique aqui pra saber mais sobre os passeios e reservar o teu e aqui pra ler as avaliações de quem já fez o tour no TripAdvisor.

As dicas não acabam por aqui. Tem mais dicas de economia em Londres no meu parceiro, o Londres para Principiantes. A vlogueira Dani Delanos também fez uma listinha com 10 coisas pra fazer de graça e dando informações adicionais delas:

Leia mais:




 

7 comentários

  1. Sylvana Esteves disse:

    Amei as dicas.
    Vou colocar em prática.

  2. Maria Cristina disse:

    Ameiiiii, ainsa mais por ser gaúcha

  3. Samya Gonçalves Sada disse:

    Oi Rafa.

    Eu desembarco no aeroporto STN. É bem longedo centro, vi pelo google e ele indica trem, o valor é 21 libras, achei caro. ha outras opções?

  4. Patrícia disse:

    Oi Rafa! Te conheci agora…Adorei! Quero viajar com meu filho de 17 anos em julho para Londres,será que os pubs estão liberados para ele?Vc teria algum contato com algum baterista ou escola de música ,para ele fazer algumas aulas? Com certeza farei os passeios com vc ! Obrigada,Patricia

    • Rafa disse:

      Oi Patrícia, tudo certinho!?
      Sim, menores de 18 podem entrar em pub, mas não consumir álcool (a não ser que a política do pub, especificamente, não permita a entrada dele).
      Quanto ao professor de bateria, tenho um amigo meu que dá aula, ele te um inglês bom? Me envia um e-mail pro oi@guriinlondon.com que a gente segue por lá, pode ser?
      Obrigado, abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *