frutas e verduras com muitas cores no borough market, mercado público de londres
Turismo em Londres

Guri no Borough Market

Fato comprovado: sábado é dia de ir ao mercado. Mas tu estás em Londres e como um bom turista o mercado que tu vais é diferente. Com praticamente nada automatizado, estilo arquitetônico único e geralmente a céu aberto. O atendimento fica por conta de simpáticos senhores e seus funcionários.

frutas e verduras com muitas cores no borough market, mercado público de londres

Dentre os prédios da City of London está escondido um tesouro. Ali, no meio das vistas de edifícios famosos, pertinho da London Bridge, está o Borough Market, digno de se gastar uma bela hora caminhando e descobrindo novos sabores e especiarias. E sabe por quê?

Se tu és o tipo de turista que gosta de desbravar lugares não tão batidos na cidade e até frequentado (e muito) por locais, o Borough Market é o teu lugar. Se tu gosta de gastronomia então, leve uma barraca e acampe lá dentro.

pessoa comprando e vendendo queijos no borough market, mercado publico de londres

A ida até o Borough é o típico passeio 2 em 1. Ou vários em 1. Pertinho dali está o The Shard (o prédio mais alto da Europa), a London Bridge, a Prefeitura e o HMS Belfast (navio-museu). Falaremos destes em outros posts. Mas ao lado do Borough, praticamente dento do mercado, está a Catedral de Southwark, a mais antiga Catedral gótica de Londres com nada menos que 1400 anos desde sua construção.
Pois bem, vamos por partes: uma vez descendo na estação London Bridge (Jubilee Line e Northern Line) indo à esquerda tu vai enxergar uma dar torres da Catedral. Tu vai acessar ela pelo mesmo lugar que vai entrar pro Borough Market, então não tem erro. A Catedral está aberta diariamente das 8h30 às 18h.

Este, na verdade, não é o acesso principal ao Borough Market, mas sim pra quem vai de metrô, que foi como eu fiz. Já na chegada tu vai encontrar algumas tendinhas fazendo sucos e algumas comidas rápidas pra vender aos passantes. Mesmo que com fome, dê uma volta no mercado antes. Tem vários lugares pra ti comer e várias especiarias pra experimentar. Comer de graça e bem. O que não é feio. Eles fazem questão que tu prove um pedacinho de seja lá o que for. Ali tu vai encontrar frutas, sucos, queijos, doces, chorizo e até flores e sementes. A variedade de coisas que se tem é tão grande que dá vontade de embalar um de cada pra levar pra casa.

O mercado é dividido em três partes, que no mapa deles é mostrado em uma rês. Tem o Green Market, o Jubilee Market e o Middle Market, com cinco restaurantes e dois cafés e todas as tendinhas pra beliscar. Passe por todos.
 

Prove um ou dois pedaços de queijo, alguns doces e depois de bem explorado, cheirado e saboreado é hora de escolher onde comer. Eu optei pelo sanduíche de chorizo da rede de restaurantes de cozinha espanhola (ali representada por uma tendinha simples) Brindisa. O almoço constitui de um sanduíche com o chorizo, rúcula e tomate seco. Apimentado, o que deixou ainda melhor. O custo foi de meros £5. Pra beber o mercado oferece tendas com sucos naturais preparados ali na hora. E a sobremesa pode ser doces ou então frutas, vendidas aos montes por lá. Não é nada feio comprar tua caixinha de framboesa e comer ali pé, enquanto caminha. Normal demais, aliás.

É muito normal ver executivos e trabalhadores do centro financeiro almoçando  lá. Assim como todos que estão ali, comem de pé mesmo, enquanto dão uma olhada distraída nos produtos do mercado.

No meio da correria de Londres tu faz tuas compras e descobertas. A visita vale pra provar e experienciar coisas novas aguçando os cinco sentidos e, de brinde, economizando.

O Borough Market (8 Soutwark Street) funciona nas quartas e quintas das 10h às 17h, sexta das 10h às 18h e sábado das 10h às 17h. As lojas para almoçar estão abertas também às segundas e terças. Mas te programa, claro, para visitar o mercado no dia que todas as lojas estiverem abertas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *