The Crown mostrou bastante a história da princesa Margaret e de Peter Townsend, que eles se amavam e que a rainha não deixou eles casarem. Agora, será que foi bem assim mesmo? Será que a rainha não deixou Margaret se casar com Peter? Logo depois da Segunda Guerra Mundial Margaret se apaixonou por um dos assessores do pai dela, Peter Townsend. Eles não poderiam casar porque Peter já era divorciado, indo contra os ensinamentos da Igreja anglicana – a qual a rainha é Governadora Suprema.

Na série mostra a rainha jogando um balde de água fria e dizendo à Margaret que era o casamento dela, ou a família. A realidade é um pouco diferente do que a série mostra. Jornais da época se mostram contra e a favor, a população interessada no assunto mas, diferente da série, ela é que faz o discurso abortando o casamento (e não ele). Arquivos de 2004 também mostram que o relacionamento de Margaret e Peter poderia ter seguido adiante. E por que não seguiu?

Conto tudo aqui neste vídeo:

Planeja tua viagem com os parceiros que eu mesmo uso:

#

Aeee tu é o primeiro! Deixa um comentário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter do Guri

* indicates required
Booking.com