Turismo em Londres,  Vida no Reino Unido

Mitos de Londres

Senta aqui. A gente precisa conversar. Tem alguns mitos de Londres que não fazem sentido, e chegou a hora de a gente falar melhor sobre eles.

1. Chove muito

Não chove não. Este acho que é o maior mito. O tempo pode até ficar cinza, fechado, nublado, mas chover mesmo não é muito. Quer prova? Olha só estes dados:

  • Londres: 107 dias por ano com chuva – mês mais chuvoso é outubro, com 59mm
  • Roma: 83 dias por ano – mês mais chuvoso é novembro, com 114mm
  • Sydney: 134 dia por ano – mês mais chuvoso é março, com 139mm
  • Tokyo: 117 dia por ano – mês mais chuvoso é setembro, com 209mm
  • Nova York: 90 dias por ano – todos os meses são bem próximos, com média de 110mm por mês
  • Rio de Janeiro: 94 dias por ano – mês mais chuvoso é janeiro, com 206mm
  • São Paulo: 98 dias por ano – mês mais chuvoso é janeiro, com 240mm

Sabe outra coisa ainda em clima? Não tem muita neblina em Londres. Diria que vejo cerca de cinco ou seis dias por ano, mas ainda assim fraco. Na Serra Gaúcha com certeza tem muito mais neblina que Londres, tanto em frequência quanto intensidade.

2. Os ingleses são frios

Não são não. E ponto. Outro dos maiores mitos de Londres pra mim.

Há a teoria que o brasileiro/latino que é mais caloroso. O britânico tem realmente a questão de não cumprimentar com abraços e muito menos com beijos. Claro que não é sempre assim e há exceções. Depois que a amizade rola aí sim rola abraço. Mas da primeira vez estender o braço e pegar  na mão é a forma mais correta.

E não, não é legal chegar abraçando “porque sou brasileiro e faço assim”. É o mesmo que alguém de um país onde se cumprimenta com beijo na boca chegar no Brasil e dar um beijo na tua boca. Não seria legal né? Então… Respeito.

A questão da frieza dos ingleses pode soar como algo até esnobe ou parecido com isso, mas é apenas a questão de ser reservado, queres o seu próprio espaço. Difícil um britânico ser mal educado contigo. Difícil alguém te ver perdido na rua, com um mapa na não, e não te oferecer ajuda. Mas assim… Se alguém te ajudar na rua, puxar papo num pub ou o que for o primeiro contato, não espere jantar na casa da pessoa no primeiro dia, ou nem sequer trocar Whatsapp ou Facebook.

Em tempo: o britânico do interior do país é ainda mais aberto/disponível/solícito que o londrino.

3. O chá das 5

O chá das cinco não é as cinco. Eu sei devo ter te frustrado né? Mas este é outro mito de Londres.

Não tem hora pro chá. Pode ser ao acordar, antes de ir dormir, depois do almoço, no meio da tarde… Não tem hora. Igual o café pro brasileiro.

Já aquele afternoon tea, que vem com comidinhas, doces e tal, já diz no nome: chá da tarde. Ele é a tarde, qualquer horário. Tem gente que come/toma as 14h, tem gente que prefere pelas 18h.

Peça pra um inglês uma dica de chá das cinco ele vai te olhar com cara de “por que as cinco?“.

4. A comida é ruim

Este vai gerar alguns comentários, mas posso te garantir: mito! É igual aquela história de que “não há tempo ruim, há má escolha de roupa”. O mesmo com a comida em Londres. Se não gostou, desculpe, mas não escolheu bem.

Tem cozinhas do mundo todo, e como poderia alguém não gostar da comida italiana, por exemplo? É fácil achar coisas da China, Japão, Tailândia, Índia, França e até Argentina e Brasil.

Se te referes a comida britânica, aí são outros quinhentos. É realmente muito diferente e geralmente o sal tá na mesa e tu colocas antes de comer. Eu pessoalmente não acho a comida ruim, mas na verdade me adapto muito fácil a tudo, então não sei se conto. Mas quero saber tua opinião sobre a comida no geral e a comida britânica. Me conta nos comentários.

5. Londres copiou Nova York em algumas coisas

Pode até ser que tenha copiado, mas no que mais ouço não copiou não.

bairro do Soho em Nova York significa “South of Houston Street”. Simples. Em Londres, era usado em caça de patos. Era o grito que se dava pro cachorro buscar o pato. A caça acontecia onde hoje é o bairro, lá no século 16, ou seja. Não.

Outra famosa: Piccadilly Circus. Os painéis não copiam a Times Square, até porque eles começaram a aparecer primeiro no cruzamento de Londres. Não estou aqui implicando que Nova York copiou Londres, mas o contrário também não é verdade.

Tem algum outro mito de Londres que conheça? Me conta nos comentários o que tu achava que era de um jeito mas te surpreendeu ao chegar aqui. Tô curioso pra saber. =)

Planeje sua viagem com os parceiros que eu confio e uso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *