Guri da Realeza

Qual o poder da Rainha Elizabeth II?

Algumas das perguntas que mais ouço no meu tour da realeza são: afinal a rainha manda mesmo? Ela faz e acontece? Tenho que andar na linha por causa dela? A monarquia tem poder na Inglaterra e nos demais países onde a rainha é Chefe de Estado (como o Canadá)?

Muita gente comenta nos vídeos (este em especial) sobre o retorno da monarquia no Brasil e eu sinceramente não consigo entender. O monarca hoje, mesmo na monarquia mais famosa do mundo que é a britânica, não tem mais poder de decisão e nem sequer faz uso da prerrogativa real, onde teria amplos poderes. Se nem aqui funciona assim, imagina no Brasil!

Mas ao invés de ficar batendo boca, prefiro apresentar uns fatos sobre o poder da monarquia na prática.

Nos assuntos de política a rainha não pode opinar publicamente. Não pode falar a favor ou contra um partido ou uma crise (como o Brexit, por exemplo). Ela pode ter opinião, afinal é um país livre, mas o papel dela com o povo é unir todos, e não afastar um do outro ainda mais.

Ela faz muita coisa no sentido cerimonial. Por exemplo, ela declara guerras por ser a chefe do exército. Porém ela não faz isso sozinha, mas sim a pedido da Primeira Ministra, e muitas vezes do próprio parlamento. É como se a Rainha fosse dona de uma empresa e a Primeira Ministra trabalhasse pra ela, decidindo coisas e dando a cara a tapa. Enquanto isso a rainha tem meio que a fama de ter um país funcionando, eficiente, blablabla… Graças aos esforços da Primeira Ministra e do Parlamento – quem decide de verdade.

Tanto é quem a rainha (também na teoria, lembra) indica o Primeiro Ministro. Por mais que tenha uma eleição, a pessoa eleita precisa ir até o Palácio de Buckingham e lá a rainha pergunta se ela aceita formar um governo em nome de Sua Majestade. Claro que a tendência é ela dizer que sim (ninguém concorre a uma eleição só por esporte, pelo menos não aqui). E por isso então o governo é chamado de Her Majesty’s Government, o Governo de Sua Majestade.

“Tá Rafa, e se ela quiser ir contra uma decisão?”

Ela até pode, mas seria uma afronta muito grande à democracia. Afinal o povo escolheu quem governar o país, e a rainha está indo contra a decisão daquelas pessoas, logo, contra o povo. Mesmo que ela convoque uma nova eleição, ela está contra o povo, contra a pessoa que os súditos escolheram pra governar o país. Desde que o Parlamento assumiu mais poder, em 1707, nenhuma lei foi vetada por nenhum monarca, mas reis ou rainhas ainda precisam assinar todas as leis (sim!).

Hoje ela tem uma função mais cerimonial e formal no governo. No próprio site da monarquia fala que a rainha tem o direito de ser consultada, de encorajar e de advertir a Primeira Ministra. Dar o famoso puxão de orelha. A função dela hoje acaba sendo mais de visitar escolas, caridades, promover recepções de Estado, além de cerimônias de homenagens e lembranças a soldados. Sobre caridade, ela é presidente ou patrona de mais de 600 caridades diferentes.

Ela também faz as investiduras, onde indica pessoas como KBE (Knight of the British Empire) que são os Sir e Dammes; ela recepciona pessoas nas Garden Parties, onde conversa com pessoas de vários setores da sociedade; e tem ainda o Queen’s Award, uma premiação para empreendedorismo, ou sustentabilidade, etc. Tudo isso como uma forma de reconhecimento e agradecimento pelo trabalho desenvolvido. Nada governamental.

E a Commonwealth?

A Commonwealth é um grupo de 53 países, muitos deles eram parte do Império Britânico. Eles são independentes mas mantém algumas relações governamentais. A rainha é a líder da Commonwealth. É um título que não é herdado mas sim escolhido pelos líderes. Já foi decidido que o próximo líder será o Charles, quando a rainha morrer e ele também virar rei..

A rainha ainda é Chefe de Estado de 16 diferentes países, como Canadá e Austrália. No Canadá ela indica, por exemplo, o Governor General, que é a representação dela no Canadá. A nota de $ 20 canadense possui a imagem da rainha. Porém a função dela é menor ainda que a daqui, apesar de ter sido divulgado um estudo que a monarquia custo um pouco mais ao canadá do que ao UK. Seria cerca de $ 1.40 por britânico e $ 1.53 por canadense. Por ano.

Mas falei melhor sobre o custo da monarquia e se vale a pena pro Reino Unido ter uma monarquia em outro post.

E aí? Ainda é a favor de ter uma monarquia no Brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *