Guri dos Causos

Guri bebendo de graça no Sportsman Casino

Uma noite divertida foi aquela que aprendi como ficar bêbado com dois pints de cerveja (contei neste post aqui). Pois a noite não terminou ali. Melhor: pros dois carinhas que ficaram podraços sim, mas pra mim tava só começando.

Isso porque logo depois que os dois foram embora, ainda no mesmo pub, chegaram dois caras que aparentavam 20 e 23 anos, mais ou menos. Observei que eles pediram uma cerveja pra atendente (já começaram bem) e ela, a Sandra (ainda acho que ela inventou esse nome) pediu o documento de identidade dele. E detalhe: só do mais velho que pra engano dela e meu também, ele tinha 18 anos. Bebida servida, pra puxar papo comentei que ela havia pedido documento pra mim também. Assim como fizeram em outros quatro lugares. E eu tava com 21.
Aí começou o papo.

Papo vai, papo vem, descobri que eles haviam nascido no Japão e crescido na China. Ou ao contrário, mas enfim… Agora moram na Califórnia. E lembrando né, nos encontramos em Londres. Ervilha de mundo, imensidão de muros.

Enquanto proseávamos sobre o mundo, culturas, mulheres, futebol, gostos e claro, Londres, o relógio não parava. Um segundo por vez, 60 minutos por hora, quanto vimos eram 23h. “O último drink, senhores?”. Mas que dúvida, Sandra! Ou qualquer que seja teu nome! Último pint de ale no final e ainda queríamos mais um. Claro que não rolou. Foi aí que a Sandra ou talvez outro nome jogou do nosso lado. Ela nos indicou um cassino há duas quadras dali, o Sportsman Casino. Ali poderíamos beber e, óbvio, jogar, se estivéssemos interessados. Apesar de gostar de jogar, devido ao nível etílico, meu interesse era mais por um pint.
A essa altura os dois irmãos já tinham me convidado pra visitar o hotel deles no outro dia pelo menos três vezes pois tinham bebida liberada no fim de tarde. DÁ AQUI O ENDEREÇO, TCHÊ!
Pois bem, lá fomos nós para o tal cassino. Ao chegar lá, passaportes para registro e um tablet chama a atenção. Questionamos o motivo dele estar ali, de frente pro cliente e a resposta foi objetiva: curtindo a página deles no Facebook teríamos direito a £ 10 em fichas ou £ 5 em bebida. Preciso dizer o que escolhemos? Não né!?
O cassino possui um muy agradable ambiente, pessoas elegantes e com tooooda certeza se divertindo. Ele faz parte da rede Caesar de cassinos. Fomos ao bar trocar nosso crédito de bira, sentamos e conversamos por mais um bom tempo. E fomos embora. Sem gastar um Pound sequer e com uma cerveja por conta do cassino.
Isso me provou que Londres não tem aquela de “bah, não tinha nada pra fazer”. Nem vem com essa! A cidade tá ligadaça 24 horas por dia. Aquela de tudo fecha “cedo” na verdade diz respeito a pubs. E olhe lá! Nesse dia eu também aprendi quão gentil é simplesmente pagar uma cerveja pra alguém. Além do cassino também ganhei uma ceva dos irmãos chineses-japoneses-americanos.
Então fica a dica: basta um bom papo, basta ser gentil, basta focar na diversão que certamente tu vai arranjar boas companhias e bons drinks. Nem que seja improvisando em um cassino.

Planeje sua viagem com os parceiros que eu confio e uso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *