GURI IN LONDON

Crônica: A escola Londres

Sempre que faço uma nova amizade por essas bandas tenho que responder a mesma pergunta: estou estudando? A primeira resposta que me vem é que sim, mas depois me lembro que não vai ser tão fácil explicar meu raciocínio. Vamos ver se consigo aqui:

A verdade é que não. Não estou estudando (ainda) do jeito que tu te referes, mas tenho planos de seguir estudando comunicação, apesar da barreira do idioma. No começo ela é ainda maior, mais sólida, mas aos poucos estou conseguindo derrubar.
E a verdade é que sim. Estudo mais do que imaginava aqui, mesmo sem estar matriculado em uma grande universidade ou qualquer curso que seja. A matrícula tá feita na escola chamada Londres. Sabe aquela história que muitos dos amigos preguiçosos gostam de dizer que estuda(ra)m na Universidade da Vida? Pois é, aqui ela faz sentido pra mim, e arrisco dizer que ainda sou calouro.
As 24 horas do dia servem de estudo. Tá, tirando a parte do sono. 17 horas de estudo. Em casa, convivendo com outras pessoas; no trabalho, a mesma coisa. O próprio idioma é um aprendizado todos os dias e a toda hora, é claro. A hora da leitura também existe, caro aluno da 4ª série, e também tem duração de 45 minutos. Na tabela de horários ela é chamada de “tempo de deslocamento no transporte público”. E um pouco diferente, claro, por ser em inglês. O que eu nos meus 12 anos faria por obrigação e contra-vontade hoje em dia faço com prazer e por opção.

//instagram.com/p/nvBsUmycd1/embed/

Outra: aqui sou bartender. Onde aprendi? Aqui. Aprendi sobre bebidas, coquetéis clássicos, preparação, expressões, técnicas e tudo mais. Algum curso ou treinamento? Sim. Mais um módulo da escola Londres.
Então estou sim, estudando aqui. E bastante. Só sete meses (bah!) se passaram, só um semestre concluído, mas continuo matriculado. Essa escola não me dá nenhum certificado reconhecendo meu esforço. Não. Ela me dá experiência e vivência suficiente pra continuar construindo o aprendizado. Agora me pergunto: é escola ou ainda é pré-escola?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *